segunda-feira, 17 de agosto de 2009

A DIMENSÃO PROFÉTICA DA MISSÃO

Caio César Marçal

miseria humana

Sempre que olhamos para a vida dos profetas, notamos sua capacidade de entender os desafios de sua geração e ser canal de Deus para a integral revelação das estruturas corrompidas pelo pecado humano, anunciando a Verdade e Justiça do Reino de Deus.

O profeta era a consciência moral de sua geração, e com tenacidade e coragem, expunha os "pontos de vista" de Deus e lembrando continuamente da vontade de Dele para a nação e desafiava o povo para que vivesse além de uma vida religiosa estéril, medíocre e hipócrita. Seu viver de excelência e compromisso com o Senhor era fruto de um coração sensível, capaz de sentir os gemidos de Deus ante os descaminhos dos homens.

Sonhamos em nossos dias com uma vida cristã autêntica e desejamos uma espiritualidade apaixonada, porém sadia e transformadora, onde a plena vontade de Deus é entendida e obedecida, assim como faziam os profetas. Como isso acontecerá se fechamos os nossos olhos para os problemas de nosso mundo? 

Restaurar a dimensão profética da Missão significa reaprender a olhar as tudo a partir da ótica do Pai celeste e a quebrantar-se com aquilo que quebranta o coração de Deus. Numa época de religiosidade individualista, hedonista e insensível, somos chamados a olhar para os que estão desconectados por esse sistema corrupto e ser voz em favor dos que estão excluídos pela ganância dos homens. Para tanto, é necessário sensibilizar-se ante a dor e o sofrimento humano gerado pelas estruturas apodrecidas pelo pecado. A Missão exige que você e eu levantemos nossas vozes por justiça: "Abra a sua boca, julgue com justiça, defenda o pobre e o indigente". Provérbios 31:9

O testemunho cristão verdadeiro é aquele que sai do discurso e se faz em atos que promovam a dignidade de toda mulher e homem. O profeta Jeremias nos mostra que a prova que conhecemos a Deus é o fato de sermos instrumentos de justiça e misericórdia.  "Julgou a causa do aflito e do necessitado, e por isso lhe sucedeu bem. Não é isso que significa conhecer-me? Diz o Senhor" – Jeremias 22:16.

A Rede Fale é um movimento de jovens, homens e mulheres que juntos oram e se manifestam em favor da justiça, desenvolvendo atividades que visam conscientizar e promover os valores do Reino de Deus no Brasil e no mundo, com especial atenção para os aspectos econômicos e seus efeitos na desigualdade e na ampliação da miséria através de campanhas temáticas. Entendemos que devemos assumir nossa vocação em favor daqueles que não podem se defender.

O que que Deus deseja de você? "E que o Senhor pede de você? Pratique a justiça e ame a misericórdia e ande humildemente com Deus" Miquéias 6:8.

Caio Marçal é Sec. de Mobilização da Rede FALE  E-mail: caioabu@gmail.com

2 comentários:

  1. É... ocorre que nos dias da espiritualidade à la carte, porque nos preocuparmos com o pobre e ter trabalho de colocar a mão na massa se posso ter uma vida confortável e própera se é só "determinar" e "declarar" e ainda assim estou vivendo para Deus... é o pensamento (errôneo, claro!) de muitos cristãos, ensinados de maneira distorcida e/ou incompleta. Belo texto, Caio, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. "Abra a sua boca, julgue com justiça, defenda o pobre e o indigente". Provérbios 31:9
    Abrir a boca, dá trabalho mas também paz e a sensação do dever cumprido. A palavra é a chave da mudança do mundo. Muita gente infelizmente pensa que o direito e o dever de a usar é dos sacerdotes ou dos políticos. E eu lhe digo o dever e o direito é de todos. Se o fizermos, o mundo chegará mais depressa à Paz perpétua - sonho de Kant, também ele profeta.
    Pastoradaestrela

    ResponderExcluir